segunda-feira, 7 de julho de 2014

NOSSO RECIFE


Novas propostas e sugestões de ocupação para o Cais José Estelita, localizado no centro do Recife. Uma delas vem de um grupo de arquitetos locais através do projeto #penserecife. Veja abaixo o projeto. Que maravilhoso é pensar a cidade para quem nela vive.

Os professores de Arquitetura e Urbanismo da UNICAP reivindicam participar do processo de negociação! (Leia a carta)


"O Movimento #OcupeEstelita existe para pensarmos no futuro que 
queremos para nossa cidade. Não ao Novo Recife, sim ao NOSSO RECIFE."

#OcupeEstelita
#ResisteEstelite


Os professores de Arquitetura e Urbanismo da UNICAP 
reivindicam participar do processo de negociação!
Que a UNICAP seja um parceiro nesse diálogo por um Recife para todos.

#penserecife sugere transformar o cais em um equipamento metropolitano para os moradores

LOGO_ICE_CATRACAEm meio às incertezas sobre o futuro do Cais José Estelita, localizado no bairro de São José, no centro do Recife, novas propostas e sugestões de ocupação da área surgem através de diferentes iniciativas. Uma delas vem de um grupo de arquitetos locais através do projeto #penserecife.

Veja a proposta:

A proposta que hoje é questionada por parte dos recifenses, contestada pelos ativistas do movimento #OcupeEstelita e também por este grupo de arquitetos, é a do Consórcio Novo Recife, que arrematou a área em um leilão e pretende construir 12 arranha-céus no local. Por outro lado, o projeto #penserecife sugere que o local seja ocupado por edifícios residenciais e comerciais não muito altos, hotéis e um pólo cultural. O Pense Recife propõe ainda transformar os 28 galpões existentes no Cais em equipamentos de recreação, lazer e cultura, como complexos esportivos, salas de cinema, teatro, restaurante e áreas de exposição. Além da criação de uma grande praça para a realização de eventos culturais e shows.
https://imgur.com/a/Be1SR#0


https://imgur.com/a/Be1SR#0
https://catracalivre.com.br/recife/urbanidade/indicacao/grupo-de-arquitetos-propoe-alternativa-para-o-cais-jose-estelita/




quarta-feira, 18 de junho de 2014

Estelita Meu Amor

Polícia, para quê polícia?
      

Hoje, 17/06/2014, o Movimento Ocupe Estelita, um exemplo de disciplina e solidariedade - admirado pelo mundo a fora - foi violentado. 

A truculência policial demonstra claramente para que serve a polícia militar. Governos jogam o destino da cidade na vala comum por 30 dinheiros e alimentam o ódio da polícia militar, permitindo o uso da violência contra o povo, no afã de fazer valer os seus acordos de interesse próprio.

 

Aqui algumas fotografias e vídeos registram a exacerbação da arbitrariedade na 
desocupação ilegal do Cais José Estelita. 


Não contentes em desalojar e destruir o acampamento, eles não permitem a permanência das pessoas que estão na rua pública, em frente ao Cais Estelita. 
Observem a perversidade e a violência do policial que espirra pimenta em um jovem sentado e indefeso.

pimenta diretamente no rosto do rapaz sentado, pacificamente
ocupação pacífica, fruto de união e solidariedade
Quem estivesse na frente era arrastado. Até a calçada era deles.
Os operários assistiam chocados 
estilhaços de bombas jogadas
 nos manifestantes
 
veja vídeos






Truculência, desrespeito. Advogados foram impedidos de trabalhar.
Acima a advogada Liana Cirne Lins tentando impedir agressões. 


Conheça uma proposta decente para a área: http://www.archdaily.com.br/br/621126/projeto-numero-penserecife-uma-proposta-de-ocupacao-do-cais-jose-estelita-em-recife-pe

Leila Jinkings

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Pão funcional (sem glúten, sem lactose)

    Pão funcional de arroz (variação fubá). Fiz e compartilho a experiência.


Pão funcional de arroz (variação fubá)

Misturar em um vasilhame:
2 xícaras de chá de farinha de arroz integral ou fubá, 02 xícaras de polvilho azedo, 1 sache de fermento biológico granulado. Reservar por meia hora.

Preparar um grude com 1 colher de sopa de maisena e 150 ml de água, reservar;
No liquidificador passar o grude, 2 ovos, 300 ml de caldo de sementes ou água morna, meia xícara de óleo de girassol ou milho, meia xícara de biomassa de banana (ou farinha de banana verde), 1 colher de sobremesa de sal.
Misturar bem todos os ingredientes. Deixar descansar por meia hora.
Colocar em forma untada com óleo, polvilhada com maisena ou flocão de arroz. Deixar descansar por meia hora. Assar em forno bem quente (no máximo da temperatura do forno).

NOTAS:
Usei o floco de milho,
Sache é equivalente a 10g = 1 colher de sopa. Achei muito e usei 1 colher de sobremesa (5ml)
Como eu não tinha biomassa de banana, usei o que tinha em casa: fécula de batata.
Acho que dá para diminuir o óleo. Da próxima vez vou experimentar colocar ¼ de xícara, ao invés de ½.

1 Litro -  4 copos americanos - 1000 ml
1 Xícara -  16 colheres (sopa) - 240 ml
1 Colher (sopa) - 3 colheres (chá) - 15 ml
1 Colher (chá) - 1/3 colher (sopa) - 5 ml

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Não Letal ou O Império da Mentira e do Medo

Estados Unidos seguem semeando a guerra e a destruição de países na sanha de abocanhar mais poder e dinheiro que sabem fazer com eficiência (armas, armas e armas).
O PIG estadunidense e a indústria bélica apoiam a mentira da "ajuda humanitária" dos EEUU à Ucrânia. Washington Post: "Os Estados Unidos vão enviar em breve suprimentos médicos , capacetes e outras formas de ajuda não-letal aos militares da Ucrânia , o secretário de Defesa Chuck Hagel anunciou quinta-feira , uma medida destinada a reforçar um aliado em apuros e que não chega a fornecer armas."
Graham W Phillips, jornalista blogueiro, publicou hoje uma pequena mostra de "medicamento" enviado pelo pentágono.

recomendamos ler sobre o assunto: http://www.telesurtv.net/articulos/2014/05/08/los-fascistas-en-kiev-muestran-sus-caras-6819.html?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Dicas

Quem nunca encheu a geladeira frutas, legumes e verduras, esperando começar uma alimentação mais saudável e teve uma surpresa com o passar do tempo?

É, as verduras e legumes são altamente perecíveis e delicados, portanto para conservá-los em sua melhor forma você deve lavá-los com antecedência, mas se você fizer isso você precisa secá-los. Parece um monte de trabalho? Bem, ao menos que você use o truque do papel toalha.

1. Lave bem as verduras e os legumes e afaste-os o melhor que puder na pia.

2. Coloque os legumes e as verduras lavadas em um saco com fechamento ziplock.

3. Coloque um par de toalhas de papel limpas e secas no saco com as verduras e os legumes.

Voilá! Seus vegetais foram salvos! A toalha de papel faz todo o trabalho. O único esforço que você faz é apenas para verificar todos os dias se o papel toalha está úmido, trocando imediatamente por uma folha seca.

Experimente estas dicas com os legumes e verduras que você já tem em sua geladeira. Diga-me quanto tempo você os mantém crocantes.


Fonte: GastroShop

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

A Educação Proibida

Importante que se assista a este curta. Fala para homens, mulheres e crianças de todas as idades, com criatividade: "Educação não é isso que se vê."

 
LA EDUCACION PROHIBIDA * Película completa 2:25 hs - Subtitles English/Portugues/Español.

Colabore con la difusiòn de este video compartiéndolo con sus amigos!




sábado, 14 de dezembro de 2013

Arnaldo Cardoso Rocha foi assassinado de forma vil e covarde. Mais uma farsa desmascarada.

por Leila Jinkings

Novo laudo, após exumação atesta a falsidade do atestado assinado pelos médicos legistas/torturadores Isaac Abramovitc e Orlando Brandão. Arnaldo Cardoso Rocha foi assassinado  de forma vil e covarde. Mais uma farsa desmascarada.

Só podemos ser perdoados como Estado quando repararmos totalmente essa História, não peço perdão por que acho que ainda não o merecemos. (Ministra Maria do Rosário)

  
exposição do laudo pericial após exumação do corpo de Arnaldo.

O laudo expõe minuciosamente as sevícias sofridas pelo estudante. Para azar dos agentes da repressão, incluídos aí os médicos de fachada, a sepultura de Arnaldo encheu-se de água e isso favoreceu a preservação dos restos mortais.


Ministra Maria do Rosário faz a entrega oficial do laudo que desmascara a mentira.
Mais uma mentira da ditadura e seus agentes nefastos vai para a
galeria da falsidade e da conivência de médicos legistas e da imprensa.
Iara Xavier Pereira, viúva de Arnaldo.
                                                         Iara Xavier Pereira, viúva de Arnaldo, e os pais dele, João de Deus Rocha e Annette Cardoso Rocha, lutaram pelo direito à exumação.                 






Rosa Maria afirma que o relatório final da Comissão Nacional da Verdade tem que ser claro ao apontar os autores de violações de direitos humanos: "Temos que estabelecer os autores das violações de DH e, claramente, as cadeias de comando".


Fotografias: Leila Jinkings/ Ferramenta Communicatio
Fontes:
Comissão Nacional da Verdade

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Uma tarde especial

Dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. 

Lua Nova do Penar no MJ

por Leila Jinkings


Adorei. Foi uma tarde muito especial, quando
tive a honra de ser apresentada a Hiram Pereira
(Juliana Marinho Pires, depois do Dia Internacional dos DH)


Belo e significativo documentário. Passamos uma bela tarde,
lembrando, chorando e querendo um Brasil diferente.
Boa viagem! Com meus infinitos PARABÉNS!!

(Graça Bermam, após o Sábados Resistentes)


Leila Jinkings , Amarilis tavares, Sueli Bellato, Zodja Pereira, Sidnei Pires
Lua Nova do Penar no Dia Internacional dos Direitos Humanos.
No Auditório Tancredo Neves, Palácio da Justiça. mesa de abertura  -
foto Isaac Amorim F.

 


No Dia Internacional dos Direitos Humanos, a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça convidou para a exibição do documentário Lua Nova do Penar. Em seguida, um profícuo e prazeroso bate papo dos realizadores do filme, Leila Jinkings e Sidnei Pires, com o público.
Logo colocaremos algumas fotografias e depoimentos do evento. Foi emocionante -  muito mesmo. Tudo, os depoimentos e a participação de todos.


Encontros:    Zodja Pereira, Leila Jinkings e Maria Helena Ferrari

Nossos agradecimentos à equipe da Comissão da Anistia, que foi maravilhosa. Sueli Bellato, Amarílis Tavares, Bruno Scalco, Eliana Oliveira, Mariana, Priscila, todos enfim. 
Agradecimento especial a Paulo Abrão, que por força do trabalho incansável estava fora do país, e a todos que apoiaram.

Elza Lobo, depoimento generoso no sábados resistentesAgradecimento à Zodja Pereira, que veio de São Paulo especialmente para abrilhantar o evento e encantar os presentes. 
Estamos felizes, muito felizes com a tarde que nos proporcionou a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.





Elza Lobo, depoimento generoso
no sábados resistentes


















Sidnei Pires, Leila Jinkings, 
Juliana Marinho, Claudia Pires, 
Luísa Lima, Fernando Mencarini 
















Eliana Lobo e Leila Jinkings      




Trailer do documentário no site: ttp://www.hirampereira.com/#!documentario/c1xdu)

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

EUA quase detonaram duas bombas atômicas sobre o próprio país

do amigo Mello, reproduzo esta bomba, que ilustra com perfeição a questão: "afinal quem é terrorista?"

EUA quase detonaram duas bombas atômicas sobre o próprio país - informa documento secreto divulgado pelo Guardian


Bomba H que quase provocou catástrofe


Três dias após o discurso de posse de John Kennedy como presidente dos Estados Unidos, em janeiro de 1961, um avião B-52 sofreu uma pane no ar, entrou em parafuso e liberou as duas bombas de Hidrogênio que carregava, sobre a Carolina do Norte. Uma caiu num rio e outra ficou presa numa árvore (imagem acima). Só não detonaram porque um dos cinco dispositivos de segurança não permitiu. Os outros quatro falharam. Cada uma delas com poder de destruição de 4 megatons, o equivalente a 4 milhões de toneladas de TNT, 260 vezes mais poderosas que as que arrasaram Hiroshima.

Elas poderiam ter dizimado Washington, Baltimore, Filadélfia e chegado até Nova Iorque, provocando a morte de milhões de pessoas.

A notícia foi divulgada pelo jornalista investigativo Eric Schlosser, no tradicionalíssimo The Guardian, no dia 20 de setembro de 2013, há quase duas semanas [íntegra aqui].

Você que me lê tomou conhecimento do fato em algum dos veículos de nossa mídia baba-ovo dos EUA?

Fonte: blog do Mello
http://blogdomello.blogspot.com.br/2013/10/eua-quase-detonaram-duas-bombas.html

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Só para quem não te conhece

 SÓ PARA QUEM NÃO TE CONHECE
   Leila Jinkings

O blog da Universidade do Texas, em Austin, com o sugestivo nome de Jornalismo das Américas, dá notícias sobre a prisão de um jornalista preso na Venezuela por atividades vinculadas ao Golpe de Estado. Diz a “reportagem” que a Sociedade Interamericana de Imprensa – SIP “exige a soltura do jornalista golpista”. Huuum... Mas não se preocupam com a perseguição e prisão de jornalistas nos EEUU por quê? Ah, você não sabe sobre isso? Claro que não, você teria lido aonde. O relatório do Wikileaks (reproduzido trecho abaixo) a respeito do filme “5º poder”, relata detalhadamente: as pressões, perseguições e até prisões de jornalistas nesse país que se julga acima de todos.

VEJAMOS QUEM É A SIP
A CIA mantém cerca 500 entidades (listadas e conhecidas) sob seu domínio e financiamento generoso.
A SIP, claro é uma das mais atuantes, disputando ‘pau a pau’ com a Jornalistas Sem Fronteiras.
“Fundada nos EUA em 1946, a entidade teve papel fundamental durante a Guerra Fria. Empenhou-se com afinco a etiquetar como “antidemocráticos” os governos latino-americanos que não se alinhavam com a Casa Branca. Constituiu-se em peça decisiva do clima psicológico que antecedeu levantes militares no continente entre os anos 60 e 80.” (http://heliofernandes.com.br, Quem é a Sociedade Interamericana de Imprensa – SIP, por Breno Altman).
Vejam trechos do relatório do Wikileaks e tire suas conclusões:
(…)
The US and UK governments are in the middle of a crackdown on whistleblowers and national security journalism. A confrontation between the free press and the secret state is currently playing out.

The scope of the crackdown on journalism has been expanded to include the Guardian, the New York Times, the Washington Post, Associated Press and FOX News. Recent months have seen the world's press slowly wake up to this fact.

In the past year, we have seen the Department of Justice ordering dragnet surveillance operations against Associated Press.


(…)
The UK government is engaging in prior restraint actions against the press. It has issued so-called “Defence Advisory” notices to dissuade newspapers in the UK from reporting on NSA and GCHQ spying. It has intimidated the Guardian UK into destroying hard drives and ceasing to report on leaked documents about GCHQ surveillance.

The most significant journalists and whistleblowers in the world are either political exiles, political prisoners, or the targets of criminal investigations by an overreaching security state.

The US government has just convicted Chelsea Manning and sentenced her to 35 years in prison.

The journalist Barrett Brown is in prison, facing trial. The charges he faces carry a maximum sentence of 105 years in prison. His pretrial detention has lasted for longer than a year so far. There is a gag order in place to prevent reportage on his trial.

NSA whistleblowers Thomas Drake, William Binney and Kirk J. Wiebe have been subjected to a vicious persecution effort over the last six years.
New York Times reporter James Risen is facing imprisonment because he refuses to reveal a journalistic source of a national security story.

FOX News reporter James Rosen was named as an “unindicted co-conspirator” in the prosecution of a State Department leaker. His phone records were taken, his emails were read, and his movements were tracked by the FBI.



BRASIL NUNCA MAIS

BRASIL NUNCA MAIS
clique para baixar. Íntegra ou tomos