terça-feira, 14 de dezembro de 2010

ABELHA OPERÁRIA

de Celeste Vidal, publicada em 1994 no livro Metade Sol, Metade Sombra
Às mulheres que se organizam

Sim, eu sou uma mulher liberada,
e daí?
se me perguntas, no entanto, és livre?
Eu te respondo, nem tanto.


Ouço esse grito perto e distante
esse soluçar constante
a ecoar no mundo.
Vejo tanto olhar perdido,
corpos sofridos
a estenderem as mãos.


A liberdade não é no singular
é soma de tudo, de todos,
é plural, a começar assim:
por mim, por ti, por nós.
Liberada eu sou, mas não foi fácil,
não é fácil, nem vai ser facilmente.
conquistada a libertação da mulher.
Eu consegui, mas não sou nada especial
nem coisa rara, nem iluminada,
só muito diferenciada
de você mulher passiva, acomodada,
conscientemente, ou não, explorada,
esperando, ou não, acontecer.
Eu, ao invés de me limitar a ver
quis olhar,
em vez de só poder ouvir
resolvi falar,
em vez de só poder tocar
resolvi sentir profundamente,
em vez de ter meu corpo indisposto
mas pronto para uso,
me fiz dona de mim,
e este abuso
não vai mais acontecer.
(continue a leitura, vale muito a pena)


Brindes à mulher "Santa-mãe",

"esposa-fiel", "dona-de-casa -exemplar"...
sempre foram erguidos
em taças de fel...
Me fiz abelha operária
fabrico o meu mel
com o suor do meu corpo
e calos nas mãos.
Me desmontei
me desfabriquei.
Juntei meus pedaços
de ferro e aço e joguei-os no lixo,
deixei de ser robô.

Nas dores que nos são iguais,

me refiz mulher,
e como foi difícil erguer a mão
e mais difícil ainda
ensinar, a minha boca,
a palavra não!

Os alienados do Sistema Capitalista

dizem que isso é contra o homem,
o homem é nosso irmão, amigo,
marido, amante, companheiro;
o seu dinheiro-ajuda?
- ajuda nosso pão.
É ajuda comunhão.
o que fiz?!
Foi queimar, rasgar dogmas, tabus e
preconceitos,
exigir direitos,
passar por cima da discriminação
que diz: homem é homem
mulher é mulher,
e que o homem tudo pode;
sacodem sobre nós a honra e a moral falsas que
nos impõem os hipócritas cristãos.

Não!

Dividi tudo em partes iguais:
tudo o que o homem faz
a mulher dignamente é capaz!

Publicada por mim em homenagem ao aniversário de Dilma Roussef.

13 comentários:

maximino disse...

boa dia amigo esta maria celeste de seu artigo é uma líder camponesa de 64 aqui de vitória de santo antão em pernambuco presa pelo exercito brasileiro, resposta email
( cb.amp@hotmail.com ) muito obrigado

maximino vitória pernambuco

Leila Jinkings disse...

Obrigada pelo seu comentário. Voce conhece a história dela?
Estamos reunindo material e vamos fazer um doc sobre ela.
Se você tiver algo que possa contribuir, agradecemos.
abs

Leila Jinkings disse...

Qual é seu blog? No seu perfil tem tantos, que fiquei tonta :-)

maximino disse...

esta foto é de maria sim ou não celeste eu tenho comentario sobre ela em meu blog.você é da familia dela

Leila Jinkings disse...

O nome é Maria Celeste Vidal. Em qual dos seus blogs voce tem um comentario sobre ela? Me dá o link?

maximino disse...

boa noite, entre em contato com esse senhor, ele é um professor em vitoria de santo antão.
ele foi aluno da professor maria celeste na década de 60 no colégio cardeal roncalle na cidade de vitória

seu email sosifrag@hotmail.com

ele tem muito testemunho sobre maria celeste Vidal ok

Leila Jinkings disse...

ok, obrigada, maximino

Leila Jinkings disse...

Maximino, como é o nome do professor?

Yoná Jacy disse...

Celeste Vidal é tia da minha mãe e procurando na internet alguma coisa sobre ela, achei este poema aqui.Eu tenho este livro aqui em casa, além de um texto escrito pela mamãe contando um pouco da vida dela.Não a conheci pessoalmente,mas é impossível não ter orgulho de uma mente tão brilhante assim na nossa família.

Leila Jinkings disse...

Oi, Yoná, voce é filha de quem?
Meu marido está escrevendo um livro sobre as familias de origem. abraços

Yoná Jacy disse...

Olá!Celeste Vidal é prima da minha vó,Jaci Paulino.E minha mãe e meus tios a consideravam como tia.Ela morou aqui em Tabira um tempo,então todos tinham muito contato com ela.

Eliane Firmino disse...

Estou buscando informações sobre a vida desta brilhante mulher.

Leila Jinkings disse...

Olá, Eliane

Voce já visitou a página do facebook? E o site?

http://www.celestevidal.com
qualquer coisa fale conosco via a página ou o site. abraços

BRASIL NUNCA MAIS

BRASIL NUNCA MAIS
clique para baixar. Íntegra ou tomos